COMO PENSAMOS A EDUCAÇÃO

O mundo atual impõe a educadores, crianças e jovens o desafio de absorver novas tecnologias e hábitos. Sem essa adaptação e olhar apurado acabamos por tornar nossas atividades inviáveis.

As perspectivas que se abrem em campos diversos do saber implicam em um modelo educacional permanentemente aberto ao novo, ao dinâmico, ao interativo – atento a uma realidade que se transforma,a cada momento, e que também pode ser protagonizada por nós mesmos.

A absorção do novo – incluindo os recursos digitais em suas mais variadas plataformas, contudo, deve estar alinhada a uma sólida formação, a uma compreensão lúcida e crítica e ao domínio de equipamentos e habilidades essenciais para a vida em sociedade; à competência lingüística, ao raciocínio lógico e matemático, à iniciação científica, à consciência do meio ambiente, à visão histórica, à experiência artística, à formação ética e à construção da cidadania.

Esses são os caminhos e os ideais que alimentam nossa proposta educacional e nos fazem acreditar em um futuro promissor e feliz para nossos alunos em suas escolhas.

_MG_2349

Nosso material didático

Há, neste exato momento, inúmeras pesquisas e descobertas acontecendo em todas as áreas do conhecimento. Experimentos, novidades tecnológicas,  imagens e pensamentos sendo incorporados ao saber. E é essa a grande diferença do nosso material didático: um conteúdo extremamente atualizado nos âmbitos pedagógico, tecnológico, gráfico e visual.

Missão desafiadora para o Centro de Pesquisa e Tecnologia (CPT), onde o setor de Sistemas e Métodos de Aprendizagem elabora e atualiza, não só o conteúdo, mas também a metodologia e as práticas pedagógicas;  e o departamento de Programação Pedagógica estrutura os cursos, horários e demais atividades.

Para todo esse trabalho chegar às mãos de nossos professores e alunos, a Editora e o Parque Gráfico do Objetivo finalizam o processo imprimindo todo esse material com grande cuidado e qualidade. E para completar esse ciclo que está em constante movimento, periodicamente produzimos fichas-resumo, cadernos de informática, resoluções comentadas de vestibulares, cadernos de laboratórios, entre outros materiais de apoio. Tudo para que possamos abrir, cada vez mais,  janelas para o mundo por meio do saber.

A evolução de um sistema de ensino

Idealismo e entusiasmo foram alguns dos requisitos que levaram, em 1965, os estudantes de Medicina João Carlos Di Genio e Dráuzio Varella, e os médicos Roger Patti e Tadasi Itto a fundar um pequeno curso preparatório para as faculdades de Medicina, na região central da cidade de São Paulo.

O sucesso alcançado nos exames daquele ano pelos seus alunos fez com que, já em 1966, o Curso Objetivo fosse um dos mais reconhecidos da cidade. Como a intenção dos fundadores sempre foi o desenvolvimento de um projeto educacional mais abrangente, a partir do pequeno curso preparatório, o Objetivo transformou-se na maior Instituição de Ensino do Brasil.

Em 1970, foi criado o Colégio Objetivo com currículo de Ensino Médio. E dois anos mais tarde foi a vez das Faculdades Objetivo, embrião da futura Universidade Paulista – UNIP, atualmente a universidade que mais cresce no país. A criançada não ficou muito tempo de fora: em 1974 nasceu o Colégio Objetivo Júnior, para alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental.

E, finalmente, expandindo sua atuação na área do conhecimento, em 1982 foi criado o Centro de Pesquisa e Tecnologia Objetivo (CPT), mais tarde batizado CPT – UNIP/Objetivo. É nele que professores e pesquisadores desenvolvem e implementam as mais diversas atividades educacionais.

Quem poderá dizer quanto mais iremos avançar nesse vasto universo do conhecimento?